Conhecendo (e convivendo) uma triste realidade

Padrão

Na minha primeira vinda ao México já notei algo que, depois, soube que era uma realidade aqui, visível a olho nú: a desigualdade social. Nas ruas, nos supermercados, nos shoppings, aonde quer que vá está ali, pra quem quiser ver. Meu primeiro choque foi em uma festa no ano novo de 2010-2011. Restaurante bacana (acessível aos bolsos brasileiros, que valem uns 20% mais aqui), festa bonita e gente de grana. E aí estava o ponto. As únicas pessoas dali que tinham aqueles traços indígenas, condizentes com o estereótipo de mexicano que conhecemos, eram os garçons.

O que mais choca não é a diferença ou os traços físicos associados a isso, mas o fato de aqui não ter meio termo. Ou você é pobre ou é rico (ah, ou é milionário). Bom, como jornalista, provo isso com números. Em dezembro foi publicado em um jornal local que o gap entre ricos e pobres está crescendo ainda mais no México, um dos países com maior desigualdade social no mundo. A renda de 10% da população mais rica daqui é 26 (sim, 26!!!) vezes maior que a de 10% da população mais pobre.

Sempre achei que no Brasil ainda fôssemos muito preconceituosos (vide o tal caso do aluno da USP agredido por um policial), com muita diferença de classes. Mas esta foi uma das primeiras crenças que caíram por terra quando me mudei. Longe de mim fixar aqui com discurso nacionalista ou de crítica ao México, ao contrário. Quero apenas ressaltar como ao mudar de rumos, ganhamos novos horizontes, derrubamos tabus e, acima de tudo, aprendemos a ver as coisas com outros olhos. Um bem enorme pra vida e pra carreira, com certeza!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s