Nunca é tarde para mudar! Meu avô que o diga…

Padrão

Ouço muita gente dizendo: “ah, perdi o timing, não tenho mais idade para mudar”. Concordo que as dificuldades de mudar – seja lá o que for – podem ser maiores dependendo não só de idade, mas condição social, momento de vida, etc. Quem tem filho, por exemplo, tem que pensar pelo menos duas vezes antes de tomar qualquer decisão de mudança, pois deve levar em conta os impactos disso para os herdeiros! Mas SEMPRE é tempo de mudar, se isso for uma vontade!

Exemplo disso é meu avô, que tem quase 80 anos. Verdade que ele nunca foi aquele estereótipo de avô, calminho, com chapéu, sentado no sofá da sala vendo TV no domingo à tarde. Não, definitivamente! Minhas mais remotas lembranças de infância (boa parte ao lado dele e da minha avó, que cuidavam de mim durante o dia, enquanto meus pais trabalhavam) são dele pendurado em uma árvore, dando cambalhotas, tocando violão, dançando ou concertando alguma coisa em casa (sempre eram aqueles concertos “puxadinho”, mal sucedidos! rs). Isso sem contar sua, digamos, inquietude com as mulheres. Mas isso é melhor deixar pra lá.

O fato é que meu avô está sempre nos surpreendendo (para o bem e para o mal, também é verdade..rs). Mas o que faz dele um exemplo e um caso a ser contado aqui é que, contrariando sua idade, tem coragem de mudar, à sua maneira. Recentemente comprou um computador e entrou nas aulas de computação. Semana passada saiu distribuindo pela família sua primeira conquista: seu e-mail. E ontem, fui surpreendida por um convite dele para o Messenger…revolucionário. Certeza que logo, logo vem o Facebook e o Skype!!! Uma pessoa de quase 80 anos tem bem menos conhecimento, interesse, habilidade e, por que não, necessidade de lidar com as “novas” tecnologias. Mas ele não! Foi contra o senso comum e aí está, cada vez mais conectado ao mundo!

Para quem está familiarizado com tudo isso, nada de mais! Mas para mim ele é um exemplo de que mudar é perfeitamente possível, com 10, 20, 30 ou 100 anos. Neste caso estamos falando de uma mudança na forma de ver o mundo. Tomara que, neste caso, a genética me ajude, porque eu quero ter exatamente esta vontade de desfrutar da vida e buscar coisas novas, assim como ele tem! Um orgulho!

Anúncios

2 responses »

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s